Galeria

Ensaio fotográfico Luana e Eduardo em Jaconé, Saquarema.

Esta galeria contém 20 imagens.

O que falar sobre este ensaio? Foi um real presente do papai do céu. Primeiro – O DESTINO – Saquarema – Lugar de ser feliz! Mas especificamente: Balneário de Jaconé, que me encantou desde a primeira vez que vi, e … Continuar lendo

Galeria

Você conhece Praia Grande? – Álbum

Esta galeria contém 31 imagens.

Você conhece Praia Grande?

Praia Grande - RJ

Praia Grande – RJ

Por Jota Junior

Praia Grande é um distrito do município de Mangaratiba, no Rio de Janeiro. O bairro de mesmo nome é famoso por sua praia, localizada na chamada “Costa Verde”, próximo a praias como Muriqui e Ibicuí que também são boas opções de turismo e lazer.

Praia Grande é uma bela praia, porém pouco conhecida, o que garante muita tranquilidade a seus visitantes. Para chegar lá é preciso atravessar a linha de trem e um tanto de mato, o que já te localiza em contato direto com a natureza. O mar é limpo, raso, sem ondas. Há algumas árvores na praia. O acesso se dá pela Rodovia Rio-Santos. O clima é típico das praias da chamada “Costa Verde” do Estado do Rio, quente e úmido.

Para quem desconhece, Costa Verde é o nome dado a uma faixa de terra que vai do litoral sul do estado do Rio de Janeiro, até o norte do litoral do estado de São Paulo. Engloba os municípios de Mangaratiba, Rio Claro, Angra dos Reis e Parati no estado do Rio de Janeiro e Ubatuba, Caraguatatuba, São Sebastião e Ilhabela no estado de São Paulo. O nome é dado devido à expressiva presença de Mata Atlântica que ainda existe nesse trecho do litoral brasileiro. Algumas pessoas consideram que este termo se refere a todo o litoral entre a Baixada Fluminense e a Baixada Santista, incluindo assim, os municípios de Itaguaí no Rio de Janeiro e Bertioga e Guarujá em São Paulo.

O lugar é muito Arborizado, o mar apresenta ondas sempre calmas e tranquilas, e o vento sopra uma brisa fresquinha e bastante agradável com cheirinho de mato verde.

Nas sombras dos arvoredos você pode pendurar a sua rede, tirar uma sonequinha preguiçosamente, preparar o piquenique com a família, deixar as crianças se divertirem á vontade e esquecer-se da vida sem nenhuma preocupação.

Pode também preparar o seu churrasquinho lá mesmo, se quiser leve o seu sanduiche ou frango assado prontinho de casa, ou se preferir você mesmo pode pescar o almoço, porque por lá não faltam pescadores gabaritados a te ensinar o caminho das pedras e da boa pescaria, ou se preferir, o lugar conta com quiosques e restaurantes, que servem diversos pratos e petiscos saborosos.

O único problema da Praia Grande, é que quando você chega lá, não tem mais vontade de ir embora, mas até prá isso tem solução: a preços módicos você se hospeda em pensões e hotéis da região, com razoável conforto e segurança.

Todavia, deve se levar em conta, que a Praia Grande é considerada uma das praias mais frequentada da região, durante a alta temporada o movimento de turistas é grande. Além disso, é de lá que partem os passeios de barco que levam a diversas praias da região.

Ah! Não se esqueçam de levar os saquinhos para recolher o seu lixo, afinal, o paraíso deve ser preservado.

Ademais, aproveite! Praia Grande te espera! Junte toda a família, parentes e amigos e vai lá! Depois me conte!

De Ipanema ao Leblon – Se fosse Tim Maia seria do Leme ao Pontal

De Ipanema ao Leblon – Se fosse Tim Maia seria do Leme ao Pontal

Quem parte leva saudades de algo ou alguém que fica chorando de dor. Mas não há nenhuma necessidade de se entristecer, passe pela Avenida Niemeyer, ali beirando o Oceano Atlântico há um verdadeiro colírio para os teus olhos.

Vinicius tinha razão de sobra quando mundialmente popularizou: “olha que coisa mais linda, mais cheia de graça, é ela menina que vem que passa no doce balanço caminho do mar”. Ele falava de certa Garota de Ipanema que o deslumbrou, e elas são muitas, centenas, milhares, talvez milhões. Passe por lá para ver, e os teus olhos ficarão estupefatos e perdidos!

Mas o ficarão ainda mais quando você subir a Niemeyer, com o seu cenário exuberante de frente para o mar do Atlântico Sul, margeado por montanhas imponentes e exuberantes.

Se tiver uma graninha sobrando, assim como os sheiks árabes, ou como aquele japonês que comprou uma virgindade por quase um milhão de reais, sem nem mesmo, como dizem, possuir ferramenta adequada para usufruir do produto, há um magnifico hotel e resort de frente para o mar e o Vidigal. Como as luzes brilham no Vidigal, os inocentes do Leblon esses nem sabem de você…

Carlos Drummond de Andrade talvez não seja tão inocente assim quando em seu poema diz: “Os inocentes do Leblon não viram o navio entrar. Trouxe bailarinas? trouxe imigrantes? trouxe um grama de rádio? Os inocentes, definitivamente inocentes, tudo ignoram, mas a areia é quente, e há um óleo suave que eles passam nas costas, e esquecem”.

De tudo um pouco, convenhamos que não estamos loucos, e o que importa aqui é a beleza da natureza, que está lá disponível para mim, para você, para qualquer um, tendo grana ou não tendo. Estive lá e simplesmente amei! Faça um bem para você e para os teus olhos, VAI LÁ!